quinta-feira, 23 de novembro de 2017

DIREITOS HUMANOS: RETROCESSOS, AVANÇOS E DESAFIOS



POMPÉIA: HISTÓRIA E DRAMA EM FILME

Amanhã, 24, em "Pompéia", que estreia às 22h30, veremos a história onde Milo (Kit Harrington) é escravo em um navio rumo a Nápoles, que luta para salvar a mulher que ama e seu melhor amigo, um gladiador preso dentro coliseu da cidade. Como se os dramas ainda não bastassem, ele terá que lidar com uma terrível erupção vulcânica que pode destruir sua cidade para sempre. 


SKY
CLARO/NET
VIVO
OI
NOSSATV
Megapix
107
507
152
652
674
845
47
---

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

MANCHESTER SUPERAR BILAL E VENCE POR 1 TENTO


Pílulas do dia seguinte #203

Agora que o Brasileirão já tem o campeão e pouco se disputa por aqui, volto meu olhar para o futebol interacional. Os primeiros meses do ano com os estaduais pouco competitivos, olhar o velho mundo é o que dá mais emoção. Entretanto, nem sempre esta lógica é verdadeira.  Ontem tivemos um jogo morno. Sem grandes chances claras de gol. City dominava o meio tomando iniciativa para o ataque. O Feyenoord, já eliminado procrastinava a ida ao gol. O que trouxe certa alegria ao jogo, que acompanhava pelo Esporte Interativo, foi a entrada do zagueiro  Bilal Basaçikoglu (#14), já nos dez minutos finais. Quando o comentarista Alê Oliveira fez todos os trocadilhos possíveis e imaginários, a única coisa que trouxe animação para o jogo. Muitos tornam a Champions grandiosa, ela o é, mas há seus limites. O excesso de clubes nesta primeira fase a torna chata nas rodas finais dos grupos. O que salvou mesmo foi o Bilal...

Classificação do grupo: 1. Manchester City 15 | 2. Shakhtar 9 | 3. Napoli 6 | 4. Feyenoord 0

POLÍTICOS PRETENDEM DAR A INTERLAGOS O TRISTE FIM DE JACAREPAGUÁ

O PAÍS SEM ÍNDIOS

No documentário O País Sem índios, os diretores Nicolás Soto e Leonardo Rodríguez escolheram dois personagens para retratar a situação da população indígena do Uruguai a partir da história de Roberto, um trabalhador rural, e Mônica, uma professora de matemática. Descendentes charruas, eles vivem cada qual a sua maneira. Ao mesmo tempo, acadêmicos fornecem dados que permitem entender o cenário atual de uma perspectiva renovada e questionar o Uruguai que ainda se vê como "um país sem índios".
Do seu lugar na terra, Roberto vive com base em seus valores com naturalidade e discrição. Respeitando a natureza e com um relacionamento especial com os cavalos, ele não sente a necessidade de uma luta política para reivindicar sua identidade. Mônica, por sua vez, tem um papel de liderança no movimento indígena: leva sua luta aos espaços jurídicos e acadêmicos dentro e fora das fronteiras, para obter o reconhecimento da existência do povo uruguaio e fazer justiça pelos crimes da história. 

terça-feira, 21 de novembro de 2017

NA SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA SESCTV MOSTRARÁ SHOW DE ELZA SOARES


Leio do Line-Up que o canal SescTV mostrará o show A Mulher do Fim do Mundo, amanhã, 22, às 22h . Inédito na televisão, o espetáculo traz canções do disco de mesmo título, onde Elza Soares ganhou o Grammy Latino 2016 na categoria Melhor Álbum de Música Popular Brasileira, entre outros prêmios. Este é o 34° trabalho da artista que tem mais de 60 anos de carreira, porém é o primeiro com composições inéditas. Elza Soares interpreta composições do álbum A Mulher do Fim do Mundo, que mescla samba com rock, rap e música eletrônica, como Coração do Mar, poema de Oswald de Andrade musicado por José Miguel Wisnik;A Mulher do Fim do Mundo, de Rômulo Fróes e Alice Coutinho; Maria da Vila Matilde, de Douglas Germano; além de sucessos já consagrados, como A Carne, de Seu Jorge, Marcelo Yuka e Wilson Cappelletu; Malandro, de Jorge Aragão e Jotabê; e Volta por Cima, de Paulo Vanzolini. Com direção para TV de Daniel Pereira, o show foi gravado ao vivo no Sesc Pinheiros, na capital paulista, em outubro de 2016.


SKY
CLARO/NET
VIVO
OI
NOSSATV
SescTV
---
---
---
128
---

AS PALAVRAS E AS COISAS EM DEBATE


segunda-feira, 20 de novembro de 2017

DRAMA EM NOVA MINISSÉRIE

Leio no VcFazTV que amanhã, 21, às 22h30, estreiará  “Acceptable Risk” estreia na Sundance TV. 

Ambientada entre a Irlanda e o Canadá, a série de seis capítulos de uma hora cada acompanha a história do executivo Lee Manning. Apesar de ter um alto cargo na empresa global Gumbiner-Fischer, de ter uma esposa apaixonada, Sarah (Elaine Cassidy), e de ser um maravilhoso pai para seus filhos, ele é baleado na cabeça e jogado em plena Montreal enquanto viajava a negócios.  Destroçada pela morte de seu marido, Sarah se esforça para superar a perda. Enquanto isso, a policial encarregada da investigação, a sargento detetive Emer Byrne (Angeline Ball), está convencida de que este não é um caso tão simples assim e que Sarah não é tão inocente quanto parece. A investigação que se segue revela mais perguntas do que respostas, e Sarah de repente se encontra sob suspeita e com sua vida sob vigilância. A chegada de um visitante tarde da noite serve apenas para mergulhá-la ainda mais na confusão e na incerteza.



SKY
CLARO/NET
VIVO
OI
NOSSATV
SundanceTV
516
---
---
---
---

FILME NACIONAL INÉDITO: CORPO ELÉTRICO


Amanhã, o Canal Brasil, exibirá o inédito  "Corpo Elétrico", às 22h. Nele, Elias (Kelner Macêdo) é o jovem criador de uma fábrica de confecção roupas no centro de São Paulo. Ele mantém pouco contato com a família na Paraíba, e passa seus dias entre o trabalho e os encontros com outros homens. Enquanto reflete sobre as possibilidades de futuro, começa a ficar cada vez mais próximo dos colegas da fábrica, e vê os amigos seguirem caminhos diferentes dos seus. 



SKY
CLARO/NET
VIVO
OI
NOSSATV
Canal Brasil
113
513
150
650
586
806
66
---


PROFISSÕES DO FUTURO

Texto, Revista Exame, 24 de julho de 2017

Ainda não há consenso sobre o número de empregos que serão destruídos por causa da tecnologia. Enquanto alguns estudos dimensionam em 7 milhões as substituições de seres humanos por máquinas nos próximos cinco anos, outros apontam que cerca de 30% das vagas serão tomadas por robôs.
Uma pesquisa do DaVinci Institute, consultoria americana dedicada a pesquisas sobre o futuro que presta serviços para organizações como Nasa e IBM, vai mais longe, projetando o desaparecimento de 2 bilhões de postos até 2030. “Mas a única coisa certa até agora é que as pessoas estão ficando paranoicas sobre o futuro do trabalho”, diz Thomas Frey, consultor em futurologia e diretor executivo do DaVinci Institute.
O pânico até faz sentido: de acordo com uma projeção da PwC, que dividiu os riscos de automatização por áreas e países, 48% dos trabalhadores serão substituídos por máquinas só nos Estados Unidos nos próximos dez anos. Na Alemanha serão 35%; e no Japão, 21%. Transporte e logística estão entre os setores que aparecem na dianteira, com a possibilidade de troca de 56% da mão de obra real por computadores, seguidos por vendas (44%) e finanças (32%).
Apesar desses dados inquietantes, muitos cientistas acreditam que seremos parceiros dos robôs, não inimigos deles. Segundo uma pesquisa da consultoria McKinsey, para cada posto de trabalho eliminado, 2,4 novos serão criados, principalmente em startups.
A grande questão é que a maior parte das pessoas que verão seu emprego desaparecer ainda não tem as competências necessárias para os trabalhos que surgirão. Desenvolver novas habilidades será essencial para continuar competitivo. Com máquinas fazendo atividades braçais, devem manter seu trabalho aqueles que atuam com resolução de problemas, criatividade, imaginação, interação interpessoal e pensamento crítico.
Buscar esses diferenciais demandará esforço individual. “Caberá ao profissional acompanhar as reviravoltas do mercado, aprendendo sobre as novas tecnologias e prevendo de que maneira poderá contribuir, crescer e se adaptar a elas”, diz Silvio Romero de Lemos Meira, pesquisador em engenharia de software, de Recife, e professor na Fundação Getulio Vargas do Rio de Janeiro.
Confira cinco áreas com cargos inusitados que existirão no futuro:
1. SAÚDE
Uma das áreas em que a tecnologia está a todo vapor, a medicina deve passar por uma revolução. De acordo com futurólogos, os próximos anos serão de nanorrobôs (engolidos por pacientes) e equipamentos vestíveis para monitorar a saúde — a Apple, por exemplo, já entrou na corrida para desenvolver um relógio com sensores capazes de medir o nível de glicose no sangue de pacientes diabéticos. Dispositivos assim darão às pessoas o poder de rastrear o que acontece dentro de seu corpo e extinguirão a necessidade de diagnósticos clínicos e exames.
Acredita-se que esse tipo de medicina preventiva derrubará a venda de remédios, gerando demissões na indústria farmacêutica; aumentará a procura por geneticistas; e transformará os departamentos de RH, com profissionais especializados em mensurar a saúde de funcionários e em reduzir gastos com as pessoas nas empresas. E isso é só o começo.
  • Gerente de vida profissional:
Responsável por analisar e prever quais serão os problemas de saúde enfrentados por determinada pessoa — ele conseguirá calcular, inclusive, a data de morte do paciente.
  • Designer de bebês
Geneticista capaz de alterar os genes, “desenhando” seres humanos com as características desejadas pelos pais. Poderá copiar ou reproduzir genes de gênios e superatletas, por exemplo.
  • Cirurgião de memória
Responsável por retirar memórias ruins e ajudar na superação de traumas por meio de cirurgias computadorizadas no cérebro.
2SEGURANÇA
Segundo o banco americano Morgan Stanley, a internet das coisas conectará 75 bilhões de aparelhos até 2020 (cada pessoa terá, em média, nove aparelhos de uso pessoal ligados à rede). Isso aumentará muito a já enorme possibilidade de invasões cibernéticas e de roubo de dados.
Não é apenas o celular que poderá ser hackeado, mas o carro, a geladeira, o controle do televisor. Profissionais capazes de criar sistemas de segurança ou até auxiliar no resgate em caso de sequestro de dados serão cada vez mais valorizados. Por outro lado, áreas que hoje demandam muita mão de obra especializada em segurança, como controle de fronteira e alfândega, “passarão por um processo de automatização que, possivelmente, eliminará 90% dos postos de trabalho nos aeroportos”, diz Thomas.
  • Especialista em negociação de sequestro de dados
Assim como a polícia conta hoje com profissionais aptos a negociar em crimes físicos, será preciso ter policiais capazes de lidar com ladrões cibernéticos e hackers perigosos. O cargo será necessário tanto na iniciativa privada quanto no setor público.
  • Gerente de privacidade
Cada vez mais empresas, governos e hackers têm acesso a dados pessoais dos cidadãos. Como manter a vida virtual em segurança? Esse profissional será responsável por ajudar as pessoas a proteger suas informações no ambiente digital.
  • Auditor de estilo de vida
Especializado em descobrir fraudes praticadas por cidadãos comuns. Esse funcionário deve ganhar força porque, com acesso a ferramentas digitais sofisticadas, as pessoas conseguirão burlar os sistemas mais facilmente, falsificando documentos e adulterando declarações como as de imposto de renda, por exemplo.
3. TECNOLOGIA
O grande desafio da área será lidar com a enorme quantidade de informações disponíveis — em breve, se falará de yottabytes, unidade suficiente para armazenar conteúdo digital equivalente a 500 anos. Com esse volume gigante de dados à disposição, os profissionais capazes de enxergar padrões serão ainda mais demandados do que já são hoje. Mas seu trabalho será um pouco diferente: eles terão de destruir informações que não servem para nada.
Outro aspecto que impactará muito o setor é a realidade aumentada. Essa tecnologia rapidamente deixará o domínio dos games, como o famoso Pokémon Go, para assumir funções importantes em celulares, aparelhos domésticos e equipamentos usados no dia a dia das empresas. Especialistas acreditam que, no futuro, todas as nossas atividades rotineiras, como cozinhar, fazer compras e trabalhar, serão transformadas pela realidade aumentada.
  • Arquiteto de realidade aumentada
A tecnologia não servirá apenas para testar cores nas paredes de casa. Engenheiros e arquitetos terão de projetar ambientes para que os clientes os vivenciem antes de construí-los.
  • Analista de qualidade da informação
Estocar dados custa dinheiro. Profissionais que garantam a qualidade dos dados armazenados, eliminando redundâncias e evitando cópias desnecessárias, serão bastante valorizados pelo mercado.
  • Desenvolvedor de dispositivos inteligentes
Óculos, lentes de contato, relógios inteligentes, tudo será conectado e quem souber programar esses equipamentos terá grande destaque nos departamentos de tecnologia.
4. SERVIÇOS
Ao passo que o número de nascimentos cai, a expectativa de vida aumenta. Portanto, é seguro afirmar que a população caminha para o envelhecimento. O número de pessoas precisando de auxílio especial será muito maior. Essa tendência vai mexer com o setor de serviços, que passará a empregar cada vez mais profissionais especializados no tratamento e no acompanhamento de idosos.
Isso levará ao aparecimento de cargos como o gerente de heranças, por exemplo. Já quem trabalha no varejo terá a função modificada. Vendedores, estoquistas e operadores de caixa serão substituídos por sistemas informatizados. A onipresença de máquinas e redes sociais, no entanto, fará com que outros tipos de especialista sejam necessários para operá-las.
  • Gerente de herança
Haverá, no futuro, muita gente sem filhos e, portanto, sem herdeiros. Esse profissional surgirá para garantir que os bens sejam aplicados naquilo que o dono do dinheiro desejava.
  • Especialista em networking social
Vai trabalhar como uma espécie de analista ou psicólogo para ajudar pessoas que se sentem marginalizadas num ambiente cada vez mais conectado. Dentro de empresas, esse funcionário cuidará do posicionamento 
da marca no ambiente digital.
  • Designer de personalidade automática
Com o serviço de atendimento em lojas, clínicas, supermercados e agências de viagem automatizado, as companhias investirão em profissionais capazes de desenvolver traços de personalidade nas máquinas, aumentando a credibilidade e o engajamento dos clientes na hora desses contatos.
5. MEIO AMBIENTE
A água é o bem mais importante e escasso do planeta. Nos próximos anos, experts dizem que indivíduos que conseguirem desenvolver novas formas de extração e purificação de água, como a da atmosfera, serão estrelas.
Outra tendência nesse segmento será a necessidade de antecipar e tomar ações preventivas para evitar desastres naturais ou reduzir seu impacto. Jatos para mudar a posição do vento e canhões sonoros para destruir nuvens perigosas são alguns dos recursos estudados por pesquisadores.
  • Purificador de água
Responsável pelo desenvolvimento de sistemas para retirada e purificação de água da atmosfera.
  • Revivedor de animais extintos
Geneticista ou biólogo cuja função será, basicamente, trazer de volta à vida animais que entraram em extinção e que poderiam beneficiar o planeta de alguma maneira.
  • Geoengenheiro
Controlador de clima capacitado para interferir em fenômenos da natureza, evitando desastres, por exemplo
.

domingo, 19 de novembro de 2017

MEXERAM COM A TODO PODEROSA


Coluna # 165

[...]
Junto com a Globo, entram no balaio, os últimos três presidentes da CBF. Aqui qualquer argumento de defesa, carece de mil explicações. Afinal, um não pode viajar, outro preso e um fortemente investigado.
[...]


PODCAST: BRASIL, PERU E INTER DE LIMEIRA

Linha de Impedimento #17

Comentário veiculado na programação esportiva da Rádio Carioca Futebol, diariamente, às 19h00.




sábado, 18 de novembro de 2017

CONEXÕES CONTROLADAS

Roteiro para apresentação onde refletimos a relação entre trabalho colaborativo e disposição das máquinas nos laboratórios de informática de uma escola pública de Blumenau. 


CRÔNICA EM SETE CAPÍTULOS


PÍLULAS DO DIA SEGUINTE #203

Com um velho radinho a pilha acompanhei o primeiro título do timão em 1990. Com gols de Neto e Tupãnzinho vencíamos o rival São Paulo em dois jogos depois de um fase problemática de classificação. Em 1998, na casa da então namorada, tive a oportunidade ver o bi, com uma simpatizante do Cruzeiro ao lado um coração cheio de sonhos. Ano seguinte, depois de passar alguns meses desligado do futebol, voltava para Santa Catarina para passar as férias, justo no dia da final do primeiro jogo cheguei. Dei sorte, éramos tri. Depois da sofrência com o vice de 2002 veio a chance em 2005, mesmo com o dinheiro sujo da MSI e da sem-vergonhecice dos jogos anulados levantávamos a quarta taça. Porém o castigo veio a cavalo e rebaixamos Série B. Nem tudo foi dor, o retorno colocou o time no cenário internacional, e em 2011 chegou o quinto título. A frase de 2015, o ano do sexto título foi, "sou fã de Tite", a grande estrela do time campeão. Depois disso chegamos ao sétimo título, ganho no primeiro turno, sem estrelas, sem jogar bem, sem empolgar taticamente, mas tudo isso virará literatura, porque hoje temos o sétimo título. Nada mais a escrever senão, somos campeões, hepta campeões.

Classificação: 1 Corinthians 71 | 2. Grêmio 61 | 3. Palmeiras 60 | 4. Santos 56 | 15. Fluminense 43


sexta-feira, 17 de novembro de 2017

SELEÇÃO PARA EXPEDIÇÃO NA COSTA DA ANTÁRTIDA REABRE INSCRIÇÕES ATÉ 15 DE DEZEMBRO


Expedição IODP 382 – Iceberg Alley Paleoceanography & South Falkland Slope Drift, que vai percorrer um trecho entre as ilhas Malvinas (Falklands) e a Antártida de 20 de março a 20 de maio de 2019, reabriu inscrições para seleção de pesquisadores até 15 de dezembro. As candidaturas devem ser efetuadas na página da CAPES.
Os candidatos devem ser pesquisadores em nível de doutorado, pós-doutorado ou pesquisador pleno (mais de 8 anos de título de doutor), de diversas especialidades de Biologia e Geologia. O selecionado contará com auxílio deslocamento para aquisição das passagens internacionais e auxílio para aquisição de seguro saúde. Durante sua permanência no navio JOIDES Resolution, as despesas de acomodação e alimentação serão custeadas pelo International Ocean Discovery Program (IODP). As candidaturas serão avaliadas pelo Comitê Científico do Programa no Brasil e, posteriormente, homologadas pelo próprio IODP.
Sobre o IODP
O International Ocean Discovery Program (IODP) é um programa internacional de pesquisas marinhas que investiga a história e a estrutura da Terra a partir do registro em sedimentos e rochas do fundo do mar, além de monitorar ambientes de sub-superfície.
Parte significativa da comunidade científica atuante em ciências do mar de águas profundas de diversos países está envolvida no programa. Desde 2013, o Brasil, por meio de financiamento viabilizado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), é membro do consórcio JOIDES Resolution e colabora com o IODP. Para executar as atividades previstas no Programa, a CAPES conta com o apoio de um Comitê Científico e um Comitê Executivo.
Expedições do IODP usam avançada tecnologia de perfuração oceânica, de modo a permitir disseminação de dados e amostras a partir de arquivos globais, particularmente para os países membros do programa.
O sistema de perfuração é apoiado por um parque analítico a bordo do Navio de Pesquisa JOIDES Resolution, composto por equipamentos de última geração voltados a pesquisa geofísica, geoquímica, microbiológica e paleoclimática. Além da infraestrutura a bordo, o IODP conta com apoio de numerosas instituições de pesquisa e formação de recursos humanos nos diferentes países que atualmente compõem o programa.
Conheça a página do Programa CAPES/IODP.
Visite a página de candidaturas e documentação necessária do programa.
(Brasília - CCS/CAPES)